terça-feira, 27 de novembro de 2007

Anti-história do olho, segundo Alice Ruiz e Paulo Leminski





nisso eu sou primário
amor pra mim
vem do caralho
P.L.

nisso eu sou careta
amor pra mim
vem da buceta

Alice



[Alice Ruiz e Paulo Leminski, “PORNOEMAS” in Antolorgia – Arte Pornô. Rio de Janeiro: Codecri, 1984]


Um comentário:

Carito disse...

...meu mundo ruiz quando leminski morreu... mas é por essas e outras que a poesia continua nos aliciando no país das maravilhas! o melhor anti-post da história do olho! você realmente tá de olho!