segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Cesta de Natal Cidade dos Reis






O jargão muito dinheiro no bolso não aconteceu neste 2007 – então, com o tridente na mão para superlotar ainda mais o Quinto dos Infernos, minha boa vontade elaborou a clássica lista dos dez mais deste ano, acrescida de um 11º e de um 12º e de um 13º, pra ser diferente e com medo de esquecer alguém, o que certamente aconteceu, e porque enfim é dezembro; alguns [livros] são do ano passado ou até de dois ou mais anos atrás, outros são relançamentos, mas todos, enfim, comprados e lidos em zero-sete; também não é certamente a lista dos dez (treze) mais: “longe” de casa, dividido entre o centro, downtown, e o litoral sul, foi o que a minha memória conseguiu arrebanhar, num quase-quasar improviso; como sou egoísta, seguiu-se ao objeto de desejo adquirido (do qual, não, não consigo cristianamente me desfazer) o nome de alguém a quem gostaria de ter presenteado – alguns dos meus interlocutores neste e em outros anos. (Nota: não existe nenhuma piadinha entre presente e presenteado.) Os carinhas citados, então, sintam meu eu virtual descendo pelas suas chaminés virtuais, colocando em suas meinhas virtuais ou embaixo de suas caminhas virtuais, meu sincero – e, reconheço, meio cafajeste – FELIZ NATAL!

1. Poemas, Kostantinos Kaváfis (José Olympio, 2006) – para Adriano de Sousa

2. La lunga strada di sabbia, Pier Paolo Pasolini e Philippe Séclier (Contrasto, 2005) – para Afonso Martins

3. A fera na selva, Henry James (Cosac Naify, 2007) – para Alex de Souza

4. 1001 discos para ouvir antes de morrer, Robert Dimery (Sextante, 2007) – para Carito

5. Fim de caso, Graham Greene (BestBolso, 2007) – para Carlão de Souza

6. História da feiúra, Umberto Eco (Record, 2007) – para Giovanni Sérgio

7. A última casa de ópio, Nick Tosches (Conrad, 2006) – para João Gualberto

8. Todos os corpos de Pasolini, Luiz Nazário (Perspectiva, 2007) – para Moacy Cirne

9. Lost girls meninas crescidas, Alan Moore (Devir, 2007) – para Napoleão de Paiva

10. Bom dia, tristeza, Françoise Sagan (BestBolso, 2007) – para Rodrigo Levino

11. Ética prática, Peter Singer (Martins Fontes, 2002) – para Vlamir Cruz

12. Os detetives selvagens, Roberto Bolaño (Companhia das Letras, 2006) – para Volonté

13. Em louvor da sombra, Junichiro Tanizaki (Companhia das Letras, 2007) – para todos os leitores de cidadedosreis

5 comentários:

Moacy Cirne disse...

Grato, cara, grato. Tenho a maior admiração pelo cinema de Pasolini e por alguns de seus livros. Valeu! Um grande abraço e um GRANDE 2008 pra você.

Rodrigo Levino disse...

grato, gratizzimo (sic)! pago o presente com outro: nove noites, de bernardo carvalho. quanto ao que me foi presenteado, já o vejo em cima da estante, a dois palmos dos meus olhos.

Carito disse...

Gracias, mano Ivo! E gostei dessa história de lista virtual... legal demais!

napoleão de paiva disse...

Midc, papai-noel-virtual do ano, mostra que sabe presentear os amigos: para cada interesse, o mais interessante mimo. Vai fundo na sutil (e às vezes, imponderável) relação presente/presenteado.
A grafic novel erótica ‘Lost Girls’ tem alta voltagem de sugestão, o que também significa ‘gol de placa’ na banalidade explícita. Muito bem-vinda. Un belo regalo.
Gracias y felices fiestas!

Anônimo disse...

grazie mille! e tambem retribuo: "i want to come home for christmas" na voz do meu amado marvin gaye. feliz 2008. afonso