sábado, 8 de setembro de 2007

Ratatouille



O “consultor gastronômico local” contratado pelo governo do estado para dar de comer aos empresários da Fiesp, citado por Mônica Bergamo, hoje na Folha [aqui, para assinantes], e entendido por Ailton Medeiros [aqui, para qualquer um] como paulista, não é uma coisa nem outra: François Schimitt tem casa na badalada praia de Pipa há pelo menos dez anos, já foi casado com natalense e teve um bistrô no CCAB de Petrópolis – Vatel, como convém a um bom chefe francês.

Ah! e nas horas vagas, o rapaz, muito além do fogão, pilota pranchas de surf – acima e abaixo, na Baía dos Golfinhos (no meu tempo, Curral do Canto), dois anos atrás.



3 comentários:

ailton disse...

O fato do cara ter casa em Pipa não significa nada. Até Ronaldo já tem apartamento aqui.
Mas é bom lembrar que temos excelentes chefs quando o assunto é paçoca, carne de sol e outras iguarias regionais.
De qualquer forma brigado velho. Vc enriqueceu a informação.
abs

midc disse...

com certeza o elemento residência não quer absolutamento dizer nada, tendo em vista a quatidade de malandros recebidos com os braços e pernas abertos pelos "da Taba", como diz você. O fato é que o cara mora aqui há uma década, e foi consultor do sebrae e do badaladíssimo camarões, "referência" para os daqui e pros de fora. Ou seja, me parece que tem, sim, os requisitos q você desejaria. Se rock com raiz dá samba, por q não nouvelle cuisine com saartão...

lissa disse...

adorava a comida do vatel, e acho que françois vai fazer um belo trabalho por lá. me deu até água na boca ao lembrar dos risotos e do filé que ele faz...