quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Bom dia, Babilônia, bom dia, tristeza, bom dia Vietnã, bom dia Furacão


O blog, blogueiro, coluna, quinta coluna, enfim, o subscrito, recomenda ao despertar a audição de: Hurricane, faixa 1 de Desire, Bob Dylan. 1976, Sony Music.

Procurem nas prateleiras empoeiradas , desarrumadas, desconjuntadas, cascavilhem nos sebos, baixem o santo náutico.

Bob Dylan na sua melhor forma, punhos, nocaute auditivo, cantando a história do boxeur negro “Hurricane”, aqui e na companhia de Scarlett Rivera, anima qualquer alma matutina.

Há quem, ainda, prefira a academia.

Não de boxe, claro.

Um comentário:

Carito disse...

Melhor disco de Dylan for me... Épico e lírico... O Hurricane desse long and long play me levou para um lugar que ainda ecoa na estrada, e por isso, no pó-curo...